Enem 2020: Inscrições, Provas e Resultado

Para os estudantes interessados em participar do exame, fiquem atentos a todas informações necessárias sobre o programa. Neste artigo daremos dicas importantes para as inscrições, provas e resultado do Enem 2020 – Exame Nacional do Ensino Médio. O Enem 2020 terá a participação de milhões de estudantes que sonham em alcançar uma vaga no ensino superior. Todavia, para isto ser possível a pontuação mínima deverá ser de 450 pontos nas áreas e não zerar a redação. O exame foi criado com a finalidade de avaliar o aprendizado das escolas que portam o ensino médio, na qual é utilizado até os dias de hoje.

Como e onde se inscrever no Enem 2020

Como fazer a inscrição do Enem 2020Para se inscrever no Enem 2020, o aluno precisa acessar a página do participante no seguinte link: https://enem.inep.gov.br/participante/#!/inicial. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – Inep também disponibiliza o aplicativo do exame. Em primeiro lugar, para da início no processo de inscrição no Enem 2020, o participante precisa ter em mãos os seguintes documentos pessoais:

  • RG – Registro Geral;
  • CPF – Cadastro de Pessoa Física;
  • Além destes documentos o aluno precisa informar um endereço de e-mail e um número de telefone pessoal válidos.

Após a informação de seus documentos pessoais os estudantes que precisam de atendimentos especializados deverão informar nesta etapa. Os mesmos deverão apresentar os laudos em formato PDF. Logo após os candidatos responderão algumas perguntas sobre a atual situação do ensino médio. Em seguida, o estudante deverá escolher qual língua estrangeira deseja responder na prova do Enem 2020, tendo as opções de Inglês e Espanhol.

Eventualmente serão apenas 5 questões de múltiplas escolhas referente a língua, normalmente aplicadas no primeiro dia de prova. O estudante precisa informar também em qual município deseja realizar as provas. Lembrando que não poderá ser alterado após o término do prazo da inscrição. Por fim, passará por um questionário socioeconômico e criará uma senha que dará acesso a página do participante. Para os participantes que não possuem o direito de isenção da taxa deverão efetuar o pagamento da inscrição do Enem 2020.

De acordo com a edição passada o valor foi de R$85,00. Certamente o estudante precisa efetuar o pagamento dessa taxa dentro do período. O GRU – Guia de Recolhimento da União poderá ser pago em qualquer agência bancária, casas lotéricas e correios. Caso contrário, o mesmo não conseguirá participar do exame. Eventualmente ocorra de realizar o pagamento da taxa de inscrição após o período o participante não terá o valor reembolsado.

Como pedir isenção da taxa de inscrição do Enem 2020

A partir da edição do Enem 2018, o MEC inovou quanto ao pedido de isenção, deixando esse período ser anterior ao da inscrição. Três tipos de alunos podem ser beneficiados com a isenção da taxa de inscrição do Enem 2020, são eles:

  • Aqueles que vão cursar o último ano do ensino médio em 2020 em escola de rede pública;
  • Cursou todo o ensino médio em escola de rede pública ou rede privada, contudo, na condição de bolsista integral. Além disso, ter renda por pessoa igual ou menor que um salário mínimo e meio;
  • Está em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda. Contudo, deverá usar o Número de Identificação Social (NIS). Além disso, ter uma renda familiar por pessoa de até meio salário ou familiar mensal de até três salários mínimos.

Para a primeira situação basta informar o número do cadastro da escola no Censo Escolar. Quanto ao estudante de baixa renda familiar, precisa preencher todos os campos sem cometer qualquer ato leviano, pois o Inep é encarregado de verificar as informações prestadas. Caso o estudante preencha qualquer informação falsa, decerto terá o seu pedido negado. O resultado será divulgado na página do participante alguns dias após o encerramento dos requerimentos. Tendo o seu pedido aceito, resta ao participante aguardar o início do período de inscrição do Enem 2020 para poder confirmar a presença no exame.

Quando são realizadas as provas do Enem 2020

Conforme as edições anteriores, as provas são feitas em domingos seguidos. Na edição 2019 por exemplo, foram aplicadas nos dois primeiros domingos de novembro. As provas têm um todo de 180 questões de múltipla escolha divididas entre as matérias do Enem 2020, sendo 90 para cada domingo, além de uma proposta de redação.

Eventualmente a redação é realizada no primeiro domingo de prova. Neste mesmo dia ocorre a realização das áreas de linguagens, códigos e suas tecnologias e ciências humanas e suas tecnologias. O segundo domingo abrange as seguintes áreas de conhecimento: Ciências da Natureza e suas tecnologias e Matemática e suas tecnologias. A divulgação do local de realização das provas serão publicados na página do participante do estudante.

Onde são divulgadas as notas das provas do Enem 2020

Normalmente, a divulgação das notas das provas do Enem são realizadas em Janeiro do ano seguinte. O gabarito é divulgado após o término das provas. Certamente o dia da divulgação dos resultados do Enem 2020 é publicado no edital. É de absoluta importância que os participantes do programa façam a leitura do documento, pois assim ficará por dentro de tudo sobre o exame. O mesmo poderá ser visualizado no Diário Oficial da União – DOU na segunda quinzena do mês de abril.

Para ver sua nota do Enem 2020, o estudante deve acessar a página do participante no portal do Inep e informar o CPF e a senha criada durante a inscrição. Caso não se recorde, basta clicar em esqueci minha senha. Assim o Inep enviará um código de acesso no endereço de e-mail ou número de celular informado no ato do cadastro. Após acessar, o seu resultado do Enem 2020 estará esclarecido na página inicial. Acontece muito de participantes que obteve o mesmo número de acertos, conseguir uma nota superior que o outro. As provas obtêm questões consideradas mais fáceis até as mais difíceis, certamente fazendo que estas valem menos pontos.

O Ministério da Educação utiliza como critério de avaliação o TRI (Teoria da Resposta ao Item). Esta teoria acredita que aqueles que obtiveram conhecimentos para acertar as difíceis teriam que obter sucesso nas fáceis. Caso contrário é identificado como o famoso “chute“, assim tirando uma nota inferior. Já a redação é avaliada com base nas cinco competências que exige conhecimento do tema do Enem 2020 e domínio sobre a língua portuguesa.

Desejamos a todos que irão participar do Enem 2020, boa sorte! Curta e compartilhe a página do Instagram Guia do Enem.

Deixe um comentário